Vigo Motors – Mauá, SP.

Atualmente, a questão energética vem sendo uma preocupação a nível mundial. Devido às mudanças climáticas e ao aquecimento global, muito se tem discutido sobre a otimização do uso dos recursos naturais e a utilização cada vez maior de fontes de energia com baixa emissividade de gases de efeito estufa, e pequenos impactos ambientais.

O setor elétrico nacional é característico pela grande participação de fontes renováveis. De acordo com o Balanço Energético Nacional (BEN – Relatório Final 2012, EPE), estima-se que aproximadamente 89% da oferta de energia elétrica no Brasil é proveniente de fontes renováveis, grande parte dela de origem hídrica. Como pode ser visto na última versão do Plano Nacional de Energia (EPE, 2007), há uma projeção de aumento no consumo energia elétrica no Brasil na ordem de 90% entre 2010 e 2030, no pior cenário. Nesse panorama, se faz necessário além do aumento da geração, uma diversificação da matriz energética brasileira com outras fontes renováveis, de forma que o Brasil aumente sua confiabilidade no fornecimento, e ao mesmo tempo mantenha uma matriz energética sustentável.

Devido à localização intertropical de nosso país, com boa oferta de radiação solar durante todo o ano, da regulamentação e leilões de energia solar por parte da ANEEL, além da redução dos custos inerentes à implantação de sistemas fotovoltaicos sentida nos últimos anos, é esperado uma inserção cada vez maior da geração fotovoltaica na matriz energética brasileira, de forma a ajudar a suprir esse aumento do consumo previsto.

Concessionária Chevrolet em São Paulo.

No Brasil, quase 50% da energia elétrica consumida é utilizada por edificações residenciais, comerciais e públicas; sendo o setor residencial responsável por 23% do total do consumo nacional e os setores comercial e público responsáveis por 24% (EPE, 2012). Consumidores estes, com baixa densidade de carga, e portanto sujeitos a elevadas tarifas de energia elétrica. Pegando como base o período de maior demanda de energia elétrica desses tipos de edifícios, ela ocorre simultaneamente ao período de maior radiação solar.

Dessa forma, sistemas solares fotovoltaicos integrados a edifícios comerciais, com conexão à rede, podem ser soluções viáveis que resultariam, através da geração distribuída, em reduções em investimentos na distribuição e transmissão de energia por parte do governo, e ao mesmo tempo gerarem economia e rentabilidade à esses consumidores.

Abrigo para o sistema de inversão Solar FV.

O inversor é um importante componente de um sistema fotovoltaico. Ele converte a saída variável em DC do painel fotovoltaico em uma senoide de 60Hz ou 50Hz, dependendo do sistema elétrico do local. Os inversores do mercado, em sua maioria, possuem capacidade de comunicação com os usuários, de forma que o usuário possa monitorá-lo e obter relatórios sobre as condições de funcionamento, fornecer atualizações de firmware e controlar a ligação à rede.

Transformador de Isolamento, possui componente de isolamento galvânico entre a saída AC e a rede de distribuição. Pode ser trifásico ou monofásico, dependendo da especificação do inversor e a conexão desejada com a rede.

O Brasil apresenta condições favoráveis ao aproveitamento desse tipo de geração de energia, não somente devido à sua localização intertropical, mas também pela grande disponibilidade de recursos naturais e territoriais, e pelas características do seu sistema elétrico.

Usina Solar FV Flutuante

Característica essa, que ajudaria na redução dos elevados custos de transmissão e distribuição por trazer a geração próxima ao consumo final. Aumentando assim a confiabilidade, e provocando possíveis reduções nas tarifas de energia elétrica ao consumidor.

Sunergia® é uma empresa do Grupo AE Solar GmbH, um grupo Alemão referência mundial de qualidade e know-how em produtos e serviços fotovoltaicos, que possui:

☑ Mais de 18 anos de experiência em tecnologia e serviços fotovoltaicos
☑ Controle de qualidade Alemão
☑ Mais de 3.200 instalações pelo mundo
☑ Certificações internacionais de qualidade – ISO, SGS, EN, TUV

Acesse sunergia.com.br e conheça mais sobre a energia solar fotovoltaica!

ComSoltudoMelhora @Sunergia® | energia solar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *